© 2018 por Circo Híbrido. 

Telefone/whatsapp: (51) 99163 3144

Email: contato@circohibrido.com.br

Endereço:  José do Patrocínio, 280 - Cidade Baixa - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram Circo Híbrido
SOBRE A ESCOLA

A  Escola Circo Híbrido  é um espaço de  ensino informal de  circo, dança aérea e  artes, e faz parte do  espaço cultural sede do grupo Circo  Híbrido. Fundada em 2007, foi ampliada  em 2011 devido ao crescimento de alunos. Desde 2016 conta com mais uma sala grande, somando dois espaços em Porto Alegre, com cerca de 200 alunos regularmente matriculados  em suas aulas permanentes de Dança Aérea, Trapézio Fixo e Cirquinho, aliando técnicas de acrobacias de aéreas e de solo com dança, teatro, malabarismo, destinadas  à todas as idades, e um corpo docente de 8 professoras.

 

Tudo  isso combinado à grade de programação do centro cultural, com cursos e workshops, espetáculos  e apresentações do grupo e artistas convidados, e mostras de trabalhos dos alunos. A Escola Circo Híbrido tem como objetivo  fomentar e difundir o circo e a dança aérea, com estudos  teóricos e práticos, visando uma formação artística, técnica,  criativa, poética e experimental, a multiplicidade das linguagens  artísticas, com uma proposta estética contemporânea, foca principalmente  no diálogo híbrido entre o circo e a dança.

NOSSA AULAS
FLEXIBILIDADE

Aulas regulares de flexibilidade  para adultos a partir de 15 anos

TRAPÉZIO

Aulas regulares

de trapézio fixo para adultos a partir de 15 anos

DANÇA
AÉREA

Aulas regulares de acrobacias aéreas em tecido para 

adultos a partir dos 15 anos

DANÇA AÉREA TEEN

Aulas regulares de acrobacias aéreas em tecido para 

jovens de

até 15 anos

DANCINHA
AÉREA

Aulas regulares de acrobacias aéreas em tecido 

para crianças 

de até 10 anos

CIRQUI
NHO

Aulas de Circo para crianças de

5 à 10 anos

 
 
 
HORÁRIOS
ADULTO
CRIANÇA E TEEN
PROFESSORAS
19399186_1669769369702662_46932117501813

Como professora, responsabilidade, muito estudo e cuidado, para meus alunos sementes de vento, amoras penduradas, acharem novos ângulos para a vida e serem capazes de fazer tudo o que quiserem.

TAINÁ BORGES

simone.jpg

Encantada pelo mundo da dança e dos palcos desde criança, encontrei no circo um amor à primeira vista. O que começou como um passatempo lá em 2008, se transformou em um relacionamento sério com muito amor e dedicação e hoje não só pratico, como vivo a dança aérea diariamente. Despertar a criatividade, propor desafios pessoais e ver os olhos dos alunos brilharem é minha maior motivação como professora.

SIMONE BALESTRO

raquela_edited.jpg

Busco a construção de conhecimentos diversos em aula, através do desenvolvimento da técnica e da reflexão acerca das aprendizagens desenvolvidas. Atuo como professora de dança e história, visando o estímulo à profundidade teórica e prática dos alunos e alunas, a partir da minha formação de dançarina aérea e historiadora. Concebo as pessoas como agentes na sociedade complexa em que vivemos, as quais podem se expressar de forma criativa e densa através da movimentação corporal e mental que a dança possibilita.

RAQUEL BRAUN

2019-03-20 01.59.13 1.jpg

O circo é a casa de todas as cores. O trapézio foi minha porta de entrada e dele consegui vislumbrar esse lugar colorido. Com o tempo conheci o outro lado, observando a plateia das alturas e me tornei professora. Transmito o que encontrei por aqui: uma arte sensível e vigorosa, de dançar além do chão. Os alunos são protagonistas da sua própria arte, criada através das suas vivências pessoais no dia a dia. Incentivo a aproveitar e explorar ao máximo o caminho pois vejo o resultado como consequência de um trajeto bem vivido, onde cada corpo tem seu ritmo, suas possibilidades e seus desejos. 

Prof de Trapézio

JADE GRÄWER

lara_edited.jpg

Como artista, interessa-me levar à cena o que me é genuíno e faz sentido; as experiências que vivi e as ideias que construí. Em cena, minha busca é diluir as categorias de artista e espectador, através da presença. Como professora, interessa-me fomentar nos corpos dançantes a capacidade de comunicar através do movimento, além de propiciar uma prática corporal saudável e consciente.

LARA ROCHO

mari.jpeg

O caminho que me fez chegar aqui foi repleto de afeto e aproximações e assim é minha relação com as aulas de dança aérea. calor, suor, dança, brincadeira, afeto inundam as aulas. Mexer o corpo e arriscar voar é uma paixão. Ajudar os outros a voarem e se descobrirem fortes é um amor.

MARIANA KICH

agatha.jpeg

Acrobata aérea e professora. Estudante do movimento e encantada com as possibilidades e potencialidades dos corpos.

AGATHA ANDRIOLA

10628521_1044533415564128_79702721598673

Vejo a atividade circense como instrumento transformador da realidade. Neste universo encontramos ludicidade, expressão, arte, desafios, cooperação e técnica. A prática circense permite criarmos uma poesia própria e pulsante, dando voz ao corpo e influenciando nosso comportamento diante do mundo.

JOANA LUA